RSS

Arquivo mensal: novembro 2011

Os sintomas da Verdadeira Conversão

Às vezes me pego pensando em como as pessoas conseguem afirmar convicções próprias à respeito de Deus que são tão diferentes do que a palavra DELE diz. Temos que ser sensatos em concordar que nenhum médico tem o direito de fazer conosco, enquanto pacientes, algúm tipo de experimento, visto que a função do médico é trabalhar de acordo com o que ele aprendeu em seus estudos sobre medicina, e não fazer testes com seus pacientes. É por esse motivo que nenhum homem que não tenha a formação adequada pode receitar nenhum tipo de remédio, ainda que este seja considerado inofensivo.

Também concordamos que nenhum homem que não conhece bem a legislação brasileira deve advogar no Brasil. Você entregaria uma causa importante na justiça nas mãos de um advogado que você sabe que comprou o diploma e que não conhece a legislação? Como ele poderia advogar bem?

Pois é, agora o que precisamos entender é que assim como a verdade do médico é a medicina e a verdade do advogado é a legislação, a verdade de Deus é a palavra e não as opiniões de uns e outros. Muitas pessoas dizem coisas do tipo:

-O importante é ter Deus no coração. Bom, de onde essas pessoas tiraram isso? Isso não está escrito em nem um lugar da Bíblia.

-Outras pessoas dizem: Eu não preciso ir aos cultos, eu já tenho Deus no coração… De onde elas tiraram isso também? Não está escrito em nenhum lugar da bíblia.

-Outras ainda dizem: O pastor falou isso, mas outra pessoa me disse que não era bem assim… Bom, as opiniões de pastores ou pessoas não são a verdade, a verdade é a palavra. Jo. 17:17 Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade.

Nunca devemos nos opor às autoridades. Rm.13:1 Todo homem esteja sujeito às autoridades superiores; porque não há autoridade que não proceda de Deus; e as autoridades que existem foram por ele instituídas. 2 De modo que aquele que se opõe à autoridade resiste à ordenação de Deus; e os que resistem trarão sobre si mesmos condenação.

Se você tem pastores e líderes nunca se oponha a eles, sabendo que eles buscam o melhor para você, de tal forma que se você se opuser é você quem trará sobre si condenaçã -Outras pessoas ainda dizem: Um dia eu vou ao culto nessa igreja, outro dia vou naquela outra, afinal, Deus é um só. Também não sei de onde tiraram isso na bíblia. Isso é um grande erro de acordo com a bíblia. Pessoas que fazem isso, na verdade são pessoas que ainda sustentam algum tipo de orgulho e têm dificuldade de se submeter às autoridades que o próprio Deus estabeleceu sobre suas vidas. Dessa maneira ficam no lugar mais confortável para aquele dia, não criam raízes e assim nunca frutificam, nem vivem a alegria da vida que Deus preparou para que eles vivessem. Bom, então, o que o Senhor diz na bíblia diz a respeito de como deve ser a vida da igreja? Temos muitos textos para aprender sobre isso. Hoje vamos meditar sobre um deles.

At.2:42 E perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações. 43 Em cada alma havia temor; e muitos prodígios e sinais eram feitos por intermédio dos apóstolos. 44 Todos os que creram estavam juntos e tinham tudo em comum. 45 Vendiam as suas propriedades e bens, distribuindo o produto entre todos, à medida que alguém tinha necessidade. 46 Diariamente perseveravam unânimes no templo partiam pão de casa em casa e tomavam as suas refeições com alegria e singeleza de coração, 47 louvando a Deus e contando com a simpatia de todo o povo. Enquanto isso, acrescentava-lhes o Senhor, dia a dia, os que iam sendo salvos.

1º Perseveravam na doutrina. O que é fácil já se julga que não requer perseverança. Se eles perseveravam é porque não era uma doutrina fácil. Não existe evangelho sem renuncia do eu, das vontades próprias, dos conceitos do mundo, etc. Se o evangelho que você vive não te desafia à perseverança, talvez você esteja vivendo outro evangelho que não é o de Cristo. Interessante também que eles não perseveravam nas suas próprias doutrinas, mas naquilo que os líderes ensinavam, o que não era fácil, pois exigia perseverar.

2º Perseveravam na comunhão. Um dos grandes segredos dos cultos semanais é a comunhão, a união. A bíblia diz no Salmo 133 que essa união trás a unção e que nesse lugar onde os irmãos vivem em união o Senhor ordena a sua benção e a vida para sempre. Agora, porque os irmãos perseveravam? Porque existem muitas coisas que querem nos impedir de estar nos cultos e precisamos perseverar em dizer não a tudo que quer me impedir de estar nos cultos. Guarde essa frase de sabedoria: Se você não deixar a palavra de Deus definir suas prioridades, o diabo vai defini-las.

3º Perseveravam no partir do pão. Aqui vemos que a verdadeira conversão nos tira da mesquinha esfera dos interesses pessoais e nos leva a contribuir no suprimento das necessidades do outro. Às vezes essa necessidade não é pão, mas uma carona para o culto, uma oportunidade de emprego, etc. O verdadeiro evangelho nos leva a nos importar.

4º Perseveravam nas orações. Fazer aquela “oraçãozinha” de fim de noite não custa nada, mas também não gera nada. O Espírito Santo desceu sobre o povo após eles perseverarem unânimes em oração (At. 1:14) e desceu quando eles estavam reunidos no mesmo lugar (At. 2:1). A perseverança fala de irmos além dos limites do nosso conforto. Fazermos um tipo de oração que vai além do que a nossa carne deseja, fala de não desistirmos até que Deus se revele a nós.

Deus deseja que você se viva uma vida com propósito. Se entregue por completo, sem reservas, siga o exemplo que Jesus nos deixou na palavra e a sua vida não será mais a mesma.

Anúncios
 
1 comentário

Publicado por em novembro 29, 2011 10:55 am em Mensagens

 

Seguindo ao Mestre

Hoje, escutando algumas músicas antigas, encontrei uma cantata de páscoa muito antiga. A segunda música, trata-se de uma resposta de Pedro, André, Tiago e João ao chamado de Cristo.

Andando à beira do mar da Galiléia, Jesus viu dois irmãos: Simão, chamado Pedro, e seu irmão André. Eles estavam lançando redes ao mar, pois eram pescadores. E disse Jesus: “Sigam-me, e eu os farei pescadores de homens”. No mesmo instante eles deixaram as suas redes e o seguiram. Indo adiante, viu outros dois irmãos: Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão. Eles estavam num barco com seu pai, Zebedeu, preparando as suas redes. Jesus os chamou, e eles, deixando imediatamente o barco e seu pai, o seguiram.
(Mateus 4:18-22)

Veja aqui a música, pois gostaria de comentar um pouco dela adiante.

 

Ninguém parou pra nos aplaudir
Desde do início chamou-nos para um caminho sem fama

Geralmente, quando fazemos coisas boas esperamos que alguém reconheça nosso esforço. Se você espera reconhecimento por cada trabalho realizado a Deus e às pessoas saiba que você está com a motivação errada. E principalmente, nós devemos seguir a Jesus pelo o que Ele é, e não pelo o que ele pode nos acrescentar em bençãos terrenas.

Quando ouvimos sua voz
Dizendo segui após mim nossas redes deixamos pra trás
Seguindo o mestre em paz

Você tem rejeitado o chamado de Cristo? Veja que os discípulos IMEDIATAMENTE deixaram suas vidas pra trás para seguir o mestre. Não rejeite o chamado de Cristo, pois este chamado lhe concederá paz.

Nossas redes ficaram jogadas lá
Recontando uma história que poucos acreditariam
Pescadores sem pensar escolhem seguir a Jesus sem saber
Se algo iriam ganhar
Dispostos a homens salvar

Vejam aqui o que os discípulos estavam dispostos a fazer: Salvar homens. Você também tem tal disposição? Lembre-se que este é um mandamento de Cristo, é sua obrigação como cristão. “E disse-lhes (Jesus): Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura.” (Marcos 16:15)

Respondemos:
Tudo deixamos por ti
Pra cumprir teu chamar
Não temos outras razões
Mas cumprir teu chamar
Chamados para viver ou morrer
Mas cumprir teu chamar

TUDO deixamos por ti. Família, amigos, vocação, vontades, sonhos, planos. Seguir a Cristo verdadeiramente exige que nós nos deixemos de lado para que Ele governe nossas vidas. Isso quer dizer que a vontade Dele é a que deve prevalecer em nossas vidas e não as nossas decisões imperfeitas que nos levam ao pecado. Jesus quer que nos entreguemos totalmente a Ele, não somente nos domingos, não somente em casa e não somente nas dificuldades, e Ele nos dará descanso. “… pois todo aquele que entra no descanso de Deus, também descansa das suas obras, como Deus descansou das suas. Portanto, esforcemo-nos por entrar nesse descanso, para que ninguém venha a cair…” (Hebreus 4:10-11)

Impulsionados tal qual um rio
Que corre pro mar, pois suas águas não voltam atrás.

Havia aí desespero, paixão por Cristo, simbolizada pela figura da força das águas de um rio. E mais, as águas do rio não voltam atrás, elas correm para o mar! Uma vez obedientes ao Mestre cuidemos para que não voltemos atrás. “Jesus respondeu: “Ninguém que põe a mão no arado e olha para trás é apto para o Reino de Deus”. ” (Lucas 9:62)

Seu chamado deu-nos paz então decidimos
Seguir por causa do amor que mostrou
Pois por nosso nome chamou

Deus trata cada um de nós individualmente. Ele nos conhece como ninguém e nos chama pelo nome para adorá-lo. Ele deseja que nos relacionemos  com Ele e assim ofertar para nós o maior presente de todos: A vida eterna em Cristo Jesus. O amor de Deus é incomparável!

Não por amor de uma causa qualquer
Nem ideal ou um sonho, mas por que foi Jesus Cristo a chamar.
Iremos sua voz atender

Cristianismo não se trata de uma filosofia ou uma causa social. Se trata de seguir completamente ao Filho do Deus vivo! Cristo deve ser a única motivação para realizarmos o nosso chamado.

SEGUIR A CRISTO É UM PRIVILÉGIO!

Graça e paz.

Nury.

 
4 Comentários

Publicado por em novembro 2, 2011 10:00 am em Mensagens